sexta-feira, 13 de junho de 2008

VIOLÊNCIA CONTRA AS PESSOAS DEFICIENTES

Fonte da imagem: http://www.dialogosuniversitarios.com.br/UserFiles/91/Image/deficientes_interna.jpg

A violência contra pessoas portadoras de deficiências é agravada, assim como nos outros casos, pela vulnerabilidade desse grupo, que se torna maior se o portador de deficiência for mulher, idoso ou criança/adolescente. A denúncia contra esse tipo de violência deve ser estimulada junto à sociedade, principalmente porque muitas vezes o portador de deficiência não tem condições de faze-la. O atendimento deve ser integrado e facilitado e a acessibilidade aos serviços, garantida, minimizando o sofrimento. A família, assim como a sociedade, deve ser conscientizada de que o portador de deficiência possui características pessoais, habilidades e potenciais que não podem ser anulados por causa da sua condição, mas ao contrário, devem ser estimulados. Assim, o portador de deficiência não pode ser visto como um diferente, pois isso só contribui mais para a sua exclusão. Exclusão essa que também constitui uma forma de violência e que pode ser percebida nos mais variados contextos.

6 comentários:

solange ferreira de jesus disse...

boa noite laura !!!

gostei muito do seu texto e para lhe falar a verdade,a violencia nunca será aceitável em nenhum segmento da sociedade.
é inadmissível e necessita ser combatido permanentemente.
violencia só gera violencia não é mesmo?

beijos solange - 13/06/08

Dani disse...

Olá Laura!
Concordo como texto sobre violência contra pessoas com deficiência e acredito que entre as mais diversas formas de sua manifestação a que mais se apresente seja a violência psicológica, no entanto, encontra-se presente a medida em que matriculam-se em escolas regulas, inserem-se no mercado de trabalho, pois muitas pessoas insistem em trata-las com assistencialismo, sem considerar suas habilidades e potencialidades...
Um ótimo final de semana,
Daniele Miranda

dadybarb disse...

Olá colega!!!
Parabéns pela sua iniciativa.
O texto que você utilizou para nos fazer refletir sobre a violência contra pessoas deficientes é excelente.
Saiba que aderi a sua corrente do bem. Temos que conseguir o maior número possível de pessoas nesta luta contra a violência, denunciando, abolindo e conscientizando as pessoas rumo a um mundo efetivamente melhor, como sempre almejamos.
Abraços,
Dayane.

LAURA BADRA disse...

Olá colegas.
A violência é inadmissivel em qualquer meio mas contra as pessoas deficientes é um problema muito sério, principalmente as que têem deficiência mental. Pois quando elas denunciam ou dão algum sinal que sofreram violência ninguém acredita e não as levam a sério.
Nós profissionais precisamos estar muito atentos.
Forte abraço.

Expedita Fátima disse...

Oi, Laura
Realmente você tem razão, a situação dos deficientes é muito pior do que dos demais, pois são duplamente indefesos.
Sou sua colega também assistene social e estou muito contente de ter feito o curso e me capacitado para atuar nesta área tão escassa de profissionais.
Parabéns pelo seu Blog. Está ótimo! Divulguei para vários amigos. Breve vc deve está recebendo a visita deles.
Um beijo
Expedita Fátima - Porto Velho

LAURA BADRA disse...

Oi Expedita eu lhe agradeço pela visita e pela divulgação, não podemos perder este elo.
Abraços Laura